Menu Fechar

Vice-Presidente da República de Angola, eleito nas eleições gerais de 23 de Agosto de 2017, Bornito de Sousa Baltazar Diogo nasceu a 23 de Julho de 1953, no Quéssua, Província de Malanje.

É o quarto de seis filhos da dona Catarina Manuel Simão Bento “Katika”, doméstica, e do Reverendo Job Baltazar Diogo, ex-Preso Político, Professor primário, linguista na especialidade de Quimbundo-Português e tradutor da Bíblia Sagrada, do Português para o Quimbundo.

Casado com Maria José Rodrigues Ferreira Diogo, tem quatro (4) filhas. Fez o ensino primário na escola “Amor e Alegria”, na Missão Metodista do Quéssua, e na Escola da Igreja Metodista Unida Central, em Malanje e Luanda, respectivamente.

Cedo adere à luta pela libertação nacional, como militante clandestino do então Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA), no Bairro Marçal, ligado aos círculos clandestinos estudantis conectados com o Comandante STONA, na região do Cuanza-Norte.

Preso a 2 de Janeiro de 1971 pela PIDE-DGS, na então Cadeia de São Paulo, é transferido de barco para a Cadeia de S. Nicolau/Bentiaba, província do Namibe, de onde apenas seria libertado em Maio de 1974 na sequência da Revolução de 25 de Abril, que ditou a queda do regime de Salazar em Portugal.

 

Possui duas licenciaturas: uma em Ciências Sociais, pela Escola Superior do Partido, e outra em Direito, pela Universidade Agostinho Neto. É Advogado e Docente da cadeira de Ciência Política e Direito Constitucional das Faculdades de Direito da Universidade Agostinho Neto e da Universidade Católica de Angola e co-autor, com o Prof. Dr. Adérito Correia, da colectânea “Angola – História constitucional”.

Fez treinamento político-militar no CIR Kalunga, Dolisie/ Loubomo, República do Congo, e no CIR Binheco, Floresta do Maiombe, Província de Cabinda, 2ª Região Político-militar, sendo depois transferido para a província de Cabinda como Comissário Político da Companhia de Administração e Serviços (CAS), do Estado-Maior da 2ª Região.

Foi Comissário Político da Marinha de Guerra de Angola desde 1976 quando, a 10 de Julho, foi fundado esse Ramo das então Forças Armadas Populares de Libertação de Angola (FAPLA), e em 1981 passa a Chefe Adjunto da Direcção Política Nacional das FAPLA.

É Titular do Curso Superior de Oficiais da Escola Superior Militar do Huambo e General das Forças Armadas Angolanas (FAA), na Reforma.

Foi Deputado da Assembleia do Povo e depois Deputado da Assembleia Nacional, onde presidiu o Grupo Parlamentar do MPLA de 2000 a 2010, Deputado da Assembleia Constituinte de 2010 e Presidente da Comissão Constitucional.

Presidiu às Comissões dos Assuntos Jurídicos, Regimento e Mandatos e de Relações Exteriores e foi Vice-Presidente da Assembleia Parlamentar Partidária África, Caraíbas e Pacífico/União Europeia (ACP/EU). Tem como hobbies a Aviação (tem a licença de Piloto Privado de Aviões), as questões de desenvolvimento e gestão integrada de Municípios e Cidades, a Informática e novas tecnologias, a pilotagem naval de recreio, a literatura e o desporto. Fala Português e Inglês de forma proficiente, além de Francês e Espanhol. A sua língua africana materna é o Quimbundo.

Desempenhou as funções de Ministro da Administração do Território, de Fevereiro de 2010 a Setembro de 2012, tendo sido reconduzido em Outubro de 2012.

A 23 de Agosto de 2017 é eleito Vice-Presidente da República, na candidatura do MPLA liderada por João Manuel Gonçalves Lourenço, Presidente da República de Angola, tendo tomado posse a 26 de Setembro do mesmo ano.

“ Caro Usuário,

Confirmamos a recepção da sua subscrição nas nossas acções de tratamento de informação.

Fique ligado!

ENAPP”.